DHS divulga balanço da campanha de Hepatites Virais

As hepatites B e C podem se tornar doenças crônicas graves, podendo levar à cirrose ou ao câncer de fígado

O balanço com os números dos testes realizados durante a ação de prevenção das Hepatites Virais em Pompeia, foi divulgado pelo Departamento de Higiene e Saúde do município. A abordagem foi realizada nas Unidades de Saúde, Prefeitura, SAAE, Especialidades, CAPS, Praça pública, Feira pública e empresas privadas; Tavejho e Catação, em Paulópolis.

O objetivo da ação é realizar precocemente testes para o diagnóstico, fundamental na redução dos casos de hepatite, silenciosa pela ausência inicial de sintomas.

Ao todo, no período entre os dias 16 a 31 de julho, foram realizados 557 exames. A meta estabelecida, foi de 400 testes. De acordo com Luciana Martessi, enfermeira do setor de epidemiologia, a ação teve um balanço positivo. “A iniciativa de abraçar a campanha “Julho Amarelo” atendeu as expectativas. A população teve a oportunidade de realizar os testes, esclarecer dúvidas e receber maiores informações sobre o assunto, além das dicas de prevenção”, afirmou.

A doença pode ser transmitida por relação sexual desprotegida, pelo compartilhamento de seringas, agulhas, lâminas de barbear, alicates de unha e outros objetos que furam ou cortam. Os vírus também podem ser transmitidos da mãe para o filho durante a gravidez, o parto e a amamentação.

Todas as Unidades de Saúde têm à disposição, testes para a detecção das DSTs, Aids, sífilis e hepatite e conta com uma equipe multiprofissional, formada por médicos, enfermeiros, psicólogo, entre outros. Os atendimentos são ofertados de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, e para este tipo de exame, não é necessário um prévio agendamento. O resultado é apresentado em no máximo 30 minutos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *