Grávidas participam de palestra sobre a Dengue e recebem repelentes

Na tarde desta terça-feira (27), gestantes assistidas pelas unidades de saúde do município ou beneficiárias de convênios com o CRAS, receberam repelentes para reduzir os índices de doenças relacionadas ao mosquito Aedes Aegypti, como zika, dengue e febre chikungunya.

As gestantes que queiram contar com este ou outros benefícios oferecidos através de parcerias com os governos municipal, estadual ou federal, precisam se cadastrar nas Unidades de Saúde do município ou através do próprio CRAS, para que sejam relacionadas. As informações são da coordenadora do benefício do setor, Natália Morelli. “Temos gestantes que ainda não foram identificadas. É preciso que elas nos procurem, passem por esse processo, e que conheçam e recebam o que lhes é de direito”, disse.

Para a prefeita Tina Januário, o intuito da ação é proteger as futuras mamães do município e levar a elas a ciência de seus direitos. “A humanização do serviço de saúde e toda a assistência fornecida, são compromissos do nosso programa de governo. Isso só vem a fortalecer o vínculo com a população, em especial as estas mães, para que possam atravessar o período da gestação sem esse medo, neste trabalho de prevenção”, concluiu.

Segundo o setor público de saúde, a distribuição é muito importante e se faz necessária, uma vez que diversos casos no país que envolviam crianças nascidas com alterações decorrentes da infecção do zika vírus. Por isso a importância dos repelentes neste trabalho de prevenção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *